12 de setembro de 2007

Hoje...

Hoje nem sei bem o que escrever…estou num rebuliço de sentimentos… uns bons e outros nem tanto.
Apetece-me escrever mas nem sei traduzir em palavras aquilo que vai cá dentro. É tudo tão estranho e complicado ao mesmo tempo.

Para começar, acordei com o despertador a tocar, que me fez levantar da cama pois ia para uma entrevista.
A qual eu já tinha quase a certeza que era uma perda de tempo. A empresa teve acesso ao meu CV e contactou-me. Quando perguntei para o que era não foram muito explícitos…
Quando me olhei ao espelho, estava com um ar estranhíssimo parecia que tinha duas batatas nos olhos e com umas olheiras enormes (mas ok…isto tem explicação…ontem à noite tive um acesso de choro bem como não conseguia adormecer…)
Lá me arranjei para ir para a entrevista mas sem nenhuma vontade!
Sai de casa um bocadinho mais cedo, pois tinha uma ideia onde era, mas não tinha a certeza e nem sabia se no local seria fácil estacionar.
Dei com o sítio à primeira e lá arranjei estacionamento. Como ainda tinha tempo, fui beber café e comprar tabaco… Chegou-me a passar pela cabeça “O que é que estou aqui a fazer?”
Lá entrei, chamaram-me para ir falar com a sra. que estava responsável por fazer a entrevista.
A sra. trouxe-me um cartão dela, disse que não tinha o meu CV com ela e para eu lhe lembrar o que estava a fazer neste momento. (Há uma coisa que já me começa a enervar…já fui a algumas entrevistas e porque é que em algumas delas as pessoas não nos recebem à hora marcada, porque é que dizem que não têm o CV com elas e algumas ainda têm o descaramento de dizer que não o leram?!?)
Claro, que o cargo não me interessava minimamente, não tem nada a ver comigo bem como podia chegar ao final do mês sem receber um tostão… acham normal? Eu não…de todo!
Sai de lá com a confirmação do sentimento que senti de manhã…uma autêntica perda de tempo!
Claro que esta entrevista não é a única coisa que faz com que esteja descontente mas posso-vos dizer que ajudou muito!

Outra coisa que hoje me preocupa é que a minha avó vai fazer uma pequena cirurgia para retirar um “género de uma borbulha”, nem sei bem dizer o que é, que lhe apareceu… Aparentemente não será nada de especial mas só com as análises se vai saber ao certo. Se Deus quiser, vai correr tudo bem!

E há outras tantas coisas que não me apetece referir aqui… sei que entendem!

No meio disto tudo, sei que ao final do dia me espera uma coisa óptima, estar com a pessoa com quem mais me sinto protegida, que não permite que nada me aconteça e que me abraça quando mais necessito!

5 comentários:

MCA disse...

"aquele abraço!!!" lá dizem, e com razão, os nossos irmãos brasileiros.
Quantos às entrevistas...é mesmo assim. Mas alguma há-de dar resultado. Batalhar, batalhar e não desistir. E depois, é sempre preciso começar por algum lado...

Analog Girl disse...

Por acaso o primeiro pensamento de hoje foi que este era um bom dia para estar enroscada no sofá a ler um bom livro e a deixar-me levar pela moleza e não fazer nada...

Deixa lá. Depois desses momentos maus é sempre mais reconfortante chegar a casa e então sentares-te no sofá e amolecer (e depois receberes os mimos todos que precisas).

O mercado de trabalho por cá está completamente confuso e estúpido, mas que se há-de fazer?

fred disse...

Pois é há dias assim...
Quanto a entrevista posso te dizer que me fez lembrar uma entrevista que tive há uns anos atrás... tal como te aconteceu a tipa não tinha lido o meu cv, e abriu me a porta descalça e também me disse que "não era certo" todos os meses receber o dito.
Mas não há que desistir, vais ver que alguma boa coisa te vai aparecer, só tens é que procurar e procurar e nunca desistir.

Quanto ao resto sabes que podes contar sempre c/ o teu mano.

bjs e força (q sei q tens muita)

Maria Franco Frazão disse...

MCA: Obrigada pelas suas palavras, tia. Eu sei que é assim, mas ás vezes custa um bocadinho...

Analog: As tuas palavras são tão verdadeiras... na realidade nem tudo corre mal... já tive duas optimas noticias hj ;)

Fred: Apesar dos altos e baixos que fomos passando ao longo das nossas vidas. Eu sei que estaremos sempre um ao lado outro! ;) Bjs e obrigada!

Analog Girl disse...

hey hey!
Que boas notícias?
Divulga! Ultimamente têm aparecido algumas dessas para estes lados também, é sempre bom partilhar esses sorrisos...