27 de abril de 2008

Foram anos de amor, de ternura, educação, transmissão de valores, partilha, carinho... agora olhando para trás parece que afinal não foram assim tantos...mas os suficientes para a guardar no meu coração e recordar tudo aquilo que me transmitiu e que passamos em familia...
Apetecia-me tanto falar consigo, dizer-lhe coisas que me parecem que ficarm por dizer...
Para si, aqui deixo esta pequena oração de que tanto gosto e que um dia pensei em coloca-la mas nunca o cheguei a fazer...
E hoje, em sua homenagem aqui a escrevo...

"Uma noite eu tive um sonho, sonhei que andava a passear na praia com o Senhor.. e que ficavam dois pares de pegadas na areia, umas minhas e outras do Senhor. A certa altura da minha vida eu olhei para as pegadas na areia, reparei que nos momentos mais dificeis havia apenas umas pegadas na areia... "oh Senhor tu disseste que andarias sempre a meu lado..Reparei que nas dificuldades havia apenas umas pegadas na areia. Nao compreendo porque me deixaste sozinho quando eu mais precisei de ti.." e o Senhor respondeu-me: ''Meu querido filho nunca te deixaria só... principalmente nos momentos mais dificeis.. quando viste na areia apenas um par de pegadas foi quando eu te peguei ao colo, foi quando eu te peguei ao colo..."


Por mais que doa, sei que foi melhor assim...
Um beijo do tamanho mundo da sua neta que nunca a há de esquecer e que gosta muito de si.

23 de abril de 2008

Perdidos!

Pedro e Maria estão num vôo para a Austrália para comemorar seu 40º aniversário de casamento.
De repente, o comandante anuncia pelos alto-falantes: - Senhoras e senhores, tenho notícias muito ruins. Os motores estão a parar de funcionar e vamos tentar uma aterragem de emergência. Felizmente, estou a ver uma ilha não catalogada nos mapas logo abaixo de nós e vamos tentar aterrar na praia.
Ele aterrou com êxito, mas avisou os passageiros: - Isto aqui é o fim do mundo e é muito provável que não sejamos resgatados e tenhamos que viver nesta ilha para o resto das nossas vidas!
Nessa altura, Pedro pergunta à mulher: - Maria, entregaste o nosso IRS antes de viajarmos?
- Ai, desculpa Pedro.Esqueci-me completamente!
Pedro, eufórico, agarra a mulher e afinfa-lhe o maior beijão de todos os 40 anos de casamento. A Maria não entende e pergunta: - Pedro! Porque me beijaste desta maneira?
E ele responde: - Eles vão encontrar-nos!!!

22 de abril de 2008

Sete pecados mortais contra o ambiente

"Desde a redução das emissões de gases poluentes à reciclagem, a Quercus explica quais são os sete pecados mortais que Portugal tem de combater para proteger o ambiente.
1 - Plano Nacional de Desenvolvimento Sustentável: no esquecimento...
2 - Ordenamento do Território: remodelação do financiamento às autarquias...
3 - Energia: Portugal aumenta drasticamente a sua intensidade energética...
4 - Transportes: maior gasto energético, mais emissões, mais congestionamento, mais ruído...
5 - Conservação da Natureza: Rede Natura sem ordenamento, cedência total no ordenamento dos Parques Naturais...
7 - Resíduos: reutiliza-se menos, recicla-se apenas um pouco mais, e quer-se incinerar muito mais..."
Grande gafe do Jornal Expresso... só cá estão 6....

15 de abril de 2008

14 de abril de 2008

O Golpe De Baker Street



A história verdadeira de um assalto que correu mal...da melhor forma. O "Golpe de Baker Street" é inspirado num evento verdadeiro e extraordinário. Um thriller cheio de tensão que entrelaça uma combinação explosiva de intriga, perigo e escândalo na Londres do princípio dos anos 70.
Em Setembro de 1971 alguns ladrões cavaram um túnel até ao cofre de um banco na Rua Baker, em Londres, e roubaram cofres particulares que continham jóias e dinheiro, no valor de milhões e milhões de libras. Nada foi recuperado. Ninguém foi preso. O assalto fez notícia nos jornais durante alguns dias e, de repente, desapareceu resultado de uma "mordaça" colocada à imprensa por parte do governo inglês. Este filme revela o que estava escondido dentro desses cofres particulares, envolvendo assassínios, corrupção e escândalo sexual com ligações à família real uma história onde os ladrões eram, das pessoas envolvidas, os mais inocentes.

11 de abril de 2008

9 de abril de 2008

Manias de pobre...

- Aquecer a ponta da bic para ver se ela volta a funcionar.
- Andar pendurado na porta do electrico.
- Lamber a tampa do iogurte.
- Entrar de loja em loja observar os preços e dizer ao vendedor: “Só estou a ver”.
- Jogar futebol com equipas “com” e “sem” camisola.
- Balançar lâmpadas queimada para ver se volta a funcionar.
- Aproveitar garrafas de plástico de refrigerante e colocar água no frigorífico.
- Receber uma visita e mostrar a casa toda.
- Decorar jarras com flores de plástico.
- Comprar telemóvel novo e não tirar o plástico do visor só para dizer que é novo.
- Lamber a ponta da borracha para apagar erros.
- Usar molas de roupa para fechar sacos de arroz, açúcar, macarrão, etc...
- Pôr algodão na árvore de natal para dar efeito de neve.
- Convidar amigos para um churrasco no aniversário e pedir para cada um levar uma coisa.
- Consertar a tira da sandália com agrafador.
- Enfeitar a estante da sala com lembranças de casamento.
- Passar fio dental e depois cheirar para ver se o dente está com mau cheiro.
- Tirar cera do ouvido com a chave do carro ou com a tampa da caneta.
- Guardar boxers e t-shirts velhas para as limpezas.
- Ir ao restaurante e antes de fazer o pedido perguntar se aceita cartões ou tickets.

8 de abril de 2008

Anúncio bem conseguido!

Este anúncio não é português mas está muito bem conseguido! Vejam até ao fim!
video

Desilusão

Na semana passada os dias estiveram óptimos, estava imenso calor! Pensei que no sábado iria aproveitar para matar algumas saudades! Ainda não tinha falado com o G. sobre o assunto e não é que para meu grande espanto, foi o próprio que puxou a conversa! Para grande desilusão nossa o dia de sábado estava completamente nublado, o que estragou todos os nossos planos… :(

7 de abril de 2008

Reunião

A reunião de ciclo correu bastante bem…conheci novos colegas e tive um lamiré do que é a empresa!
Foi bastante cansativo... quando ao hotel, gostei bastante das instalações mas o serviço deixa muito a desejar! Cinco estrelas com aquele serviço só mesmo no Algarve!