5 de maio de 2008

Encontro de família

A minha família é enorme…. Para terem uma ideia, uma das minhas bisavós paternas – mãe do meu avô paterno - teve 6 filhos e estes 6 filhos geraram 40 ou 42 netos (não sei bem ao certo, sempre ouvi que eram 40 a não ser nos últimos dias… disseram-me que seriam 42).
De tempos a tempos, estes netos organizavam um almoço para juntar toda a família deste ramo…
Como os bisnetos (a minha geração) já são crescidinhos esta tarefa passou para nós…
Em 2003 em conjunto com uma prima fiquei incumbida de organizar o dito almoço de família… conseguimos juntar muita gente e foi bem giro…com a ajuda de tio militar conseguimos organizar um almoço 5 estrelas!
Em 2007, a prima que me ajudou a organizar o encontro lembrou-se que o poderíamos fazer de novo…era para ter sido em Setembro…mas como podem calcular juntar esta grande família não é nada fácil…
depois de vários meses volvidos, ás paginas tantas o meu pai disse-me “Então Maria, já não é este ano que se realiza o encontro” arregacei as mangas e pus-me a contactar toda a família…
Arranjei um local, visitei-o e tratei de tudo…
Devido aos últimos acontecimentos ainda se falou em adiar, mas um tio avô disse-me “Maria, tenho a certeza que a tua avó queria que este encontro se realizasse… de certa maneira é uma homenagem que lhe podemos fazer.”
Este meu tio-avô tem toda a razão, a data manteve-se, todos os meus tios concordaram…
No dia 10 de Maio, próximo sábado, iremos estar cerca de 159 pessoas – 4 gerações – (claro que alguns membros não estarão presentes… mas nas grandes famílias é assim…) a fazer um piquenique.
Acreditem que não é fácil juntar tanta gente com vidas tão atarefadas e tão diferentes…
Posso e devo agradecer a um tio-avô (que não pertence a este ramo da família) que se disponibilizou logo em ajudar-me com o local para realizar este encontro… Muito obrigado tio.
Espero que as pessoas todas se divirtam e que relembrem os velhos tempos! Ao mesmo tempo vamos poder conhecer os novos membros da familia...
Volvidos 5 anos, vai-se realizar o grande piquenique desta grande familia!

2 comentários:

Nikki disse...

Bem... brutal!!! :)

A minha famelga nem chega a 10 pessoas, excluindo os cães, claro está.

Sempre tive pena de ser filha única e de ter uma família tão pequena e ainda por cima tão estranha e cheia de amuos... (o estranha deve-se à questão das idades, chega a ser ridículo o factor idade/parentesco...LOL)

Acredito que esse almoço vai ser uma festança bem divertida! Que bom!

Analog Girl disse...

metade da minha família anda zangada com a outra metade, e alguns dos que ainda convivem minimamente são interesseiros ou cuscos, ou intriguistas.
Ainda bem que não há encontros na minha família...mas fico tão contente por saber que a tua mantém esse contacto e essa vontade.
Bom almoço!