22 de junho de 2007

Responsabilidades de tia

Ontem, pela primeira vez, senti na “pele” as minhas responsabilidades de tia!
O meu irmão e a minha cunhada pediram-me para tomar conta do Pedrocas, porque eles tinham que sair…
Lá fui ter com eles… o Pedro, dormia que nem um anjo, mas quando se apercebia que alguém estava por perto, resolvia abrir os olhos e espreguiçar-se e logo de seguida voltava a fecha-los e dormia profundamente…
Passado um bom bocado, acordou peguei nele ao colo e passado um tempinho, estava um bocadinho irrequieto… resolvi ir ver o que era… a fralda! Lá fui mudar a primeira fralda ao Pedro… Não a primeira da minha vida, porque com tantos primos que tenho (são 20, com idades compreendidas entre os 17 anos e os 10 meses), já tinha mudado umas quantas!
Com o passar do dia, voltei a mudar-lhe a fralda, dei-lhe o biberão e consegui estar com ele imenso tempo ao colo, coisa que até agora ainda não tinha conseguido fazer!
Não foi a primeira vez, que tive que tomar conta de bebés… mas pela primeira vez tomei conta de um sobrinho!
Como a experiência já é alguma, já me avisaram que perceberam que ele pode ficar comigo mais vezes! Começaram a sério as minhas responsabilidades de ser tia! Não me importo nada, porque além de gostar muito de bebés, o Pedro é um bebé especial… é meu sobrinho!

3 comentários:

Pancho disse...

Sempre que leio os teus posts fico com os olhos cheios de água. Amore-te!

SF disse...

Ah! Que SAUDADES! É tão bom!! Fizeste imenso lembrar dos tempos que andava numa correria louca para tratar da minha pikena e pô-la na escolinha.
Beijos grandes Miga......

MCA disse...

É uma ternura imensa e um sobrinho (ou sobrinha) é també meio filho...

Mas cuidado com as fraldas...os bébes não se podem habituar a que lhe mudem a fralda cada vez que se lembram de fazer pipi...

Aproveita bem o Pedro.
Beijinho