15 de março de 2011

O J. anda a trocar-nos as voltas...
Depois de termos passado a manhã inteirinha na maternidade na 6ªFeira, o médico mandou-nos regressar ontem (isto se nada acontecesse).
Pois é claro que nada aconteceu...ele está óptimo cá dentro e nem está nem aí.
Ontem, o CTG mostrou que estava tudo bem. Entrei na maternidade ás 9h30 e saí de lá ás 16h30, exactamente na mesma como tinha entrado.
O médico quer mesmo induzir o parto, nós não queríamos que fosse assim. 
Amanhã lá estarei à hora do costume e se o J. não nascer até lá, vai mesmo ser induzido.
Psicologicamente é um choque brutal tanto para mim como para o G. não queríamos mesmo que fosse assim... mas o J. não há meio de sair...

Já ando é fartinha de todas as "teorias" que sistematicamente nos andam a dizer...e deviam induzir já, e se há perigo para a Maria e para o J., e ele está a engordar...etc etc etc.
Fogo, o corpo é meu e o filho é nosso. Nós é que sabemos o que devemos fazer. Claro que não são decisões inconscientes, são decisões tomadas junto de médicos e enfermeiros. Se a maioria me diz que posso esperar mais um bocadinho para ver se "coisa se dá" porque é que havemos de apressar as coisas?
Claro que queremos ver, estar e sentir o nosso filhote, nem sequer é isso que está em causa... mas queríamos que fosse de maneira diferente!
Por isso, oh J. faz o favor de querer nascer até ás 9h30 de amanhã, sim?
Cá fora está frio, mas os pais têm uma casinha bem quentinha para te receber...

2 comentários:

mpv disse...

Que final fofinho

Niki disse...

Querida Maria, a indução não é nada do outro mundo. Ainda que te pareça contra-natura, não é, porque nem sempre o nosso corpo "pensa" correctamente nem processa o que tem de processar para que os bebés venham na altura certa. Pior era se tivesse vindo antes e tu não estivesses psicologic e fisicamente preparada, mas nesta fase não há problema nenhum, muito pelo ocntrário. Conforme te devem ter explicado, quando mais tempo o bebé fica na barriga, mais engorda e fica inchado e depois o parto acaba por ser mais difícil para ambos. Os bebés também sofrem stress no parto (daí que haja tanto médico agora a defender a cesariana) e nessas condições ainda sofrem mais. A ocitocina é segura para ambos. Podes pensar que desta forma o João não nasce quando "devia" nascer, mas o universo é mesmo assim, utiliza forma misteriosas para fazer as coisas acontecerem quando realmente têm de acontecer.

Confia e relaxa. Pensa somente nessa benção que é poder ter um filho nos nossos braços quando ele nasce, e levá-lo para casa para lhe dar todo o amor do mundo.

Boa sorte e muitas felicidades!