27 de maio de 2007

O Pancho...






Na verdade eu sempre odiei gatos, o Gonçalo costumava dizer "Isso é porque nunca tiveste nenhum!" E eu, afirmava sempre que não tinha nada a ver com isso, que achava que eram falsos...
Sempre se falou na possibilidade de se ter ou não um gato, mas habitualmente eu era sempre contra...

Em Setembro do ano passado, durante um jantar, uma amiga que tinha uma ninhada de gatos, resolveu perguntar se nós o quería-mos... o Gonçalo olhou para mim e eu disse "Aceita o gato!" Um bocado hesitante acabou por aceitá-lo!
Em Setembro foi para casa, era a coisa mais fofa que se pode imaginar... só apetecia agarrar e fazer festinhas!
Agora já passaram quase 9 meses desde que o Pancho foi para casa do Gonçalo... Posso dizer que estava completamente errada!
O Pancho é um querido e faz imensa companhia! ;)
Claro que cresceu e muito e que o seu maior passatempo é dormir e correr... Mas no meio de tudo isto, começa a pedir colo e festinhas!
É verdade, o Gonçalo tinha razão... Eu odiava gatos porque nunca tinha tido nenhum!

2 comentários:

Gonçalo Afonso Abreu disse...

Este Pancho é um espetáculo! Gosto especialmente de o ver quando o abraças de tal maneira, até o abafas. Pira-se logo lol. De qualquer forma vou instrui-lo para deixar de ir à porta assim que entras no prédio...

Pancho disse...

o dono não me vai "moldar" . Gosto muito muito de ti, e vou ficar sempre encostado à porta, de rabinho a dar a dar, para te ver chegar. Adoro quando me preparas aquelas comidas boas, com aqueles biscoitos por cima, sabes como é não sabes? Miaaaaaaaaauuuuuuuuuu